Sinal Vermelho

Ela acordou de sobressalto, 6:30 marca o relógio, atrasada demais. Corre pro chuveiro toma um banho rápido e escova os dentes. veste a primeira roupa que consegue encontrar, o cabelo está armado péssimo dia pra isso, vai rabo de cavalo mesmo, o rimel borrou o blush caiu e não deu tempo de comer. Pega a bolsa e corre pra fora em direção ao ponto, nem orou pra pedir proteção como faz todos os dias, mas esqueceu o celular e volta pra pegar, a esse ponto já está de mal humor e mais atrasada ainda. Liga o telefone, tem 5 mensagens todas da chefe, hoje tem reunião e não pode faltar, entra no ônibus lotado pisam no seu pé, mal tem onde segurar, por pouco não perde o ponto por não chegar à porta. Tem que andar uns 10 minutos pra chegar ao seu destino, sua mãe liga pra contar da última briga com o ex marido, a garota se irrita diz que não tem tempo pra ouvir problemas, desliga na cara e a chefe liga, "onde você está? " "estou chegando, falta pouco" "se não chegar em 2 minutos nem precisa vir". Então ela corre, precisa desse emprego tem as contas e a faculdade pra pagar, estuda publicidade, trabalha de vendedora. Filha de pais separados, a renda sempre foi baixa, trabalha desde muito nova e falta pouco pra se formar, esta em um cruzamento, só atravessar e chega a loja. O farol está verde impaciente olha o celular, mensagem da mãe "Desculpa te aborrecer logo cedo, se cuide que te amo muito" "Me perdoa mamãe, amo muito você" ela digita,arrependida sente saudade, da mãe que mora longe, quando envia olha pros lados está na faixa de pedestres e o farol está vermelho, a mesma cor do carro que desgovernado avança o sinal e à acerta em cheio, tirando dela a sua vida.
Aproveite cada dia do começo ao fim, mesmo que esse começo pareça não ser tão bom.
-Jess ♡

Comentários

  1. Meu Deus!!! Que texto lindo, me emocionei.
    Beijos, Leticia.
    Amor Literário

    ResponderExcluir
  2. AJess fica feliz e saber disso!
    Beijooos!

    ResponderExcluir

Postar um comentário